We’re on each others team

1011730_673324849350062_898854501_n

Existe uma similaridade gritante entre nós. Que de longe se escuta, se vê. se lê.

Tanto é que, de longe, nem dá para saber das nossas discordâncias. Nossas discussões. Nossas caminhos opostos dentro de uma mesma casa. Nossos momentos de “amiga, ficou um climão depois dessa treta, vamos falar de outra coisa?”. Pouco se sabe sobre isso.

Culpa dessa similaridade que berra a plenos pulmões o quanto estamos juntas. E que bom. Porque estamos.

Estamos aqui ao lado uma da outra. No meio de tudo que nos diverge estamos em nossos braços. Entre abraços.

Nós nos amamos.

E nos amamos enquanto verbo. Nós, ao lado uma da outra, nos amamos. Nós tiramos o amor do planos das ideias. Nós o transformamos em apoio, suporte, proteção, compreensão, cuidado e cura. Cura. Nós nos curamos de um jeito que só o amor é capaz de curar.

Nem precisava ter esse nome. Nem precisávamos falar de amor, de irmandade, suporte, “sororidade” (a sua palavra, da qual eu sequer gosto haha).

É tão enérgico, real, vívido, palpável que nem precisava ser decomposto em palavras. Mas nós insistimos. Acho que porque nunca é demais.

Nós nos amamos.

Nós somos um emaranhado de teorias se entrelaçando em forma de gente. Em forma de conversas, risos e olhos nos olhos. Nós somos pequenas revoluções criadas em momentos de olhos nos olhos.

Você revoluciona minha vida existindo dentro dela.

Eu te amo com o que há de mais sincero em mim.

We’re on each others team